Resultado que faz a diferença Venha para o Over:

Mundo Over

Por que participar de Olimpíadas Científicas?

Você certamente já ouviu falar em Olimpíadas Científicas (também conhecidas como Olimpíadas Escolares), não é mesmo? Talvez o que você não conheça tão bem assim é a incrível variedade de competições realizadas e as possibilidades que essas experiências proporcionam aos alunos participantes.

Uma viagem inesquecível para nossos alunos, por exemplo, certamente foi a conquista da medalha de ouro na Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), cuja fase final foi realizada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, no ano de 2017.

O Over tem resultados expressivos também na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em 2020, tivemos 68 medalhistas, sendo que 16 desses alunos convidados para participarem da seletiva brasileira para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia deste ano.

Também já fomos medalhistas na Olimpíada Nacional de Oceanografia (ONO), em 2012, quando o estudante Lino Zambon conquistou o 1º lugar na avaliação regional e o 3º lugar nacional. A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada no Rio de Janeiro e o estudante teve todas as despesas de viagem pagas.

Matemática é, provavelmente, a disciplina que mais tem competições.

Veja algumas:

+ Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM);

+ Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que também tem a participação das particulares;

+ Olimpíada de Matemáticas por Diversão (OMpD);     

+ Olimpíada Canguru de Matemática;  

+ Olimpíada Mandacaru de Matemática;            

+ Olimpíada Tubarão de Matemática;

+ Maratona Cactus de Matemática;       

+ Olimpíada Podemos de Matemática (OLIMπMAT/OLIMPIMAT);

+ Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento (OIMC);

+ Olimpíada de Matemática da Unicamp (OMU);

+ Torneio Meninas na Matemática (TM²), voltado exclusivamente para as alunas.

Sem falar da Olimpíada Brasileira de Raciocínio Lógico (OBRL)!

São muitas as “modalidades olímpicas”. Há as de Ciências Humanas, Exatas e Biológicas, mas também existem aquelas interdisciplinares e que envolvem conteúdos mais modernos.

Veja mais alguns exemplos:

● Ciências Humanas:

+ Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP);

+ Olimpíada Brasileira de Redação (OBRe);

+ Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC);

+ Olimpíada GeoBrasil (OGB);

+ Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL);

+ Olimpíada de Inglês (ChatClass).

● Ciências Exatas:          

+ Olimpíada Brasileira de Química (OBQ);

+ Olimpíada de Química do Rio Grande do Norte (OQRN);

+ Olimpíada Camaleão de Química;

+ Olimpíada Brasileira de Física (OBF);

+ Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT Brasil);

+ Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP);

+ Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI (OBSAT);

+ Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG);

+ Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR);

+ Torneio Brasil de Robótica (TBR);

+Olimpíada Brasileira de Informática (OBI).

● Ciências Biológicas:

+ Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB);

+ Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (OBSMA);

+ Torneio Brasileiro de Sustentabilidade (TBS).

● Interdisciplinares

+ Olimpíada Brasileira do Saber (OBS);

+ Olimpíada Nacional de Ciências (ONC);

+ Olimpíada Brasileira de Ciências (OBC);

+ Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), que, em 2021, ainda não incluirá o Rio Grande do Norte;

+ Olimpíada Brasileira de Investimentos (OBInvest);

+ Olimpíada Brasileira de Educação Financeira (OBEF);

+ Olimpíada Brasileira de Economia (OBECON).

Há ainda a “Sapientia”, a Olimpíada do Futuro, que propõe uma abordagem transdisciplinar do conhecimento, conectando disciplinas curriculares clássicas a matérias mais contemporâneas e incentivando a produção de projetos que impactem a sociedade.

E também existem Olimpíadas Científicas organizadas por alunos, como é o caso do Campeonato Ninja, que abrange várias áreas do conhecimento.

As Olimpíadas Científicas podem trazer muitos benefícios para os estudantes. Além de estimular a pesquisa e o pensamento crítico, desenvolver habilidades como motivação e disciplina, incentivar a descoberta de talentos e aptidões, também podem render ao aluno uma vaga na universidade, isso porque algumas instituições de ensino superior criaram uma modalidade de acesso a seus cursos de graduação para os estudantes com bom desempenho em Olimpíadas Científicas durante o Ensino Médio: as chamadas “vagas olímpicas”.

É o caso da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (UniCamp), da Universidade Estadual Paulista (UNESP), da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Se você tem interesse em participar de Olimpíadas Científicas, procure a coordenação e converse com os professores da área. Envolva-se. Estude. Vale a pena!

REFERÊNCIAS

Olimpíadas. Conheça e entenda as mais de 50 olimpíadas científicas do Brasil.  Disponível em: https://obmepeiros.com/olimpiadas. Acesso em: 14 mai 20201

compartilhe:

Mundo Over

Por que participar de Olimpíadas Científicas?

Você certamente já ouviu falar em Olimpíadas Científicas (também conhecidas como Olimpíadas Escolares), não é mesmo? Talvez o que você não conheça tão bem assim é a incrível variedade de competições realizadas e as possibilidades que essas experiências proporcionam aos alunos participantes.

Uma viagem inesquecível para nossos alunos, por exemplo, certamente foi a conquista da medalha de ouro na Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), cuja fase final foi realizada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, no ano de 2017.

O Over tem resultados expressivos também na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em 2020, tivemos 68 medalhistas, sendo que 16 desses alunos convidados para participarem da seletiva brasileira para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia deste ano.

Também já fomos medalhistas na Olimpíada Nacional de Oceanografia (ONO), em 2012, quando o estudante Lino Zambon conquistou o 1º lugar na avaliação regional e o 3º lugar nacional. A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada no Rio de Janeiro e o estudante teve todas as despesas de viagem pagas.

Matemática é, provavelmente, a disciplina que mais tem competições.

Veja algumas:

+ Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM);

+ Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que também tem a participação das particulares;

+ Olimpíada de Matemáticas por Diversão (OMpD);     

+ Olimpíada Canguru de Matemática;  

+ Olimpíada Mandacaru de Matemática;            

+ Olimpíada Tubarão de Matemática;

+ Maratona Cactus de Matemática;       

+ Olimpíada Podemos de Matemática (OLIMπMAT/OLIMPIMAT);

+ Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento (OIMC);

+ Olimpíada de Matemática da Unicamp (OMU);

+ Torneio Meninas na Matemática (TM²), voltado exclusivamente para as alunas.

Sem falar da Olimpíada Brasileira de Raciocínio Lógico (OBRL)!

São muitas as “modalidades olímpicas”. Há as de Ciências Humanas, Exatas e Biológicas, mas também existem aquelas interdisciplinares e que envolvem conteúdos mais modernos.

Veja mais alguns exemplos:

● Ciências Humanas:

+ Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP);

+ Olimpíada Brasileira de Redação (OBRe);

+ Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC);

+ Olimpíada GeoBrasil (OGB);

+ Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL);

+ Olimpíada de Inglês (ChatClass).

● Ciências Exatas:          

+ Olimpíada Brasileira de Química (OBQ);

+ Olimpíada de Química do Rio Grande do Norte (OQRN);

+ Olimpíada Camaleão de Química;

+ Olimpíada Brasileira de Física (OBF);

+ Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT Brasil);

+ Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP);

+ Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI (OBSAT);

+ Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG);

+ Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR);

+ Torneio Brasil de Robótica (TBR);

+Olimpíada Brasileira de Informática (OBI).

● Ciências Biológicas:

+ Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB);

+ Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (OBSMA);

+ Torneio Brasileiro de Sustentabilidade (TBS).

● Interdisciplinares

+ Olimpíada Brasileira do Saber (OBS);

+ Olimpíada Nacional de Ciências (ONC);

+ Olimpíada Brasileira de Ciências (OBC);

+ Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), que, em 2021, ainda não incluirá o Rio Grande do Norte;

+ Olimpíada Brasileira de Investimentos (OBInvest);

+ Olimpíada Brasileira de Educação Financeira (OBEF);

+ Olimpíada Brasileira de Economia (OBECON).

Há ainda a “Sapientia”, a Olimpíada do Futuro, que propõe uma abordagem transdisciplinar do conhecimento, conectando disciplinas curriculares clássicas a matérias mais contemporâneas e incentivando a produção de projetos que impactem a sociedade.

E também existem Olimpíadas Científicas organizadas por alunos, como é o caso do Campeonato Ninja, que abrange várias áreas do conhecimento.

As Olimpíadas Científicas podem trazer muitos benefícios para os estudantes. Além de estimular a pesquisa e o pensamento crítico, desenvolver habilidades como motivação e disciplina, incentivar a descoberta de talentos e aptidões, também podem render ao aluno uma vaga na universidade, isso porque algumas instituições de ensino superior criaram uma modalidade de acesso a seus cursos de graduação para os estudantes com bom desempenho em Olimpíadas Científicas durante o Ensino Médio: as chamadas “vagas olímpicas”.

É o caso da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (UniCamp), da Universidade Estadual Paulista (UNESP), da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Se você tem interesse em participar de Olimpíadas Científicas, procure a coordenação e converse com os professores da área. Envolva-se. Estude. Vale a pena!

REFERÊNCIAS

Olimpíadas. Conheça e entenda as mais de 50 olimpíadas científicas do Brasil.  Disponível em: https://obmepeiros.com/olimpiadas. Acesso em: 14 mai 20201

compartilhe:

O Over realizará, entre os dias 1 e 14 de julho, um curso on-line voltado para o ENEM, com a partic …

A Colônia de Férias Over, que ocorrerá de 5 a 16 de julho, também já tem local e valores defini …

Hoje (dia 27 de maio) e amanhã, acontece a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA …